Clique aqui para conferir as mais de 30 oportunidades de trabalho no Magazord!

Marketplace

Cadastro de produtos em Marketplaces - As melhores práticas

Andrei Lino
Andrei Lino
Especialista em Marketing Digital
Data de criação
02/08/2022
Comentários
0 comentários

O cadastro de produtos é uma das partes mais importantes e que mais precisam de atenção em um Marketplace.

Através dessa ação, você poderá criar um impacto positivo ou negativo sobre quem está pesquisando determinado produto para realizar a compra.

Por isso, criamos um artigo dedicado especialmente para comentar e dar dicas para executar as melhores práticas e estratégias para fazer o cadastro de produtos em um Marketplace.

Faça bons títulos

O título do produto será a base de todo o seu anúncio. É a partir dele que os consumidores encontrarão o que você está vendendo.

Por esse motivo, é importante fazer um título chamativo, completo e atraente, algo que desperte o interesse do comprador ao mesmo tempo que oferece informações da oferta.

Algumas informações são essenciais em um bom título:

  • Nome do produto
  • Modelo ou linha
  • Características específicas
  • Cor, sabor, ou voltagem
  • Marca

O principal objetivo é que, com a leitura do título, o cliente consiga identificar imediatamente se é o que ele está procurando.

Escreva boas descrições

A descrição dos produtos precisa constar todas as informações sobre o que está sendo vendido. Através dela, o cliente saberá exatamente o que esperar da compra.

Por esse motivo, colocas medidas, cores, dimensões, peso, componentes, cuidados, garantidas, modo de usar, entre outras características.

Além de trazer maior confiança, esses dados ajudam no ranqueamento e posicionamento do seu produto, tanto dentro dos Marketplaces, como em pesquisas no Google.

Com as informações básicas, vale destacar também os benefícios e mudanças que a compra do seu produto trará para a vida do cliente.

Para que isso aconteça, se coloque no lugar de quem está realizando a compra e pense nas possíveis dúvidas que ele terá. Portanto, Quebrando todas as objeções, a possibilidade de uma venda se torna maior.

Tenha boas fotos

As fotos possuem papel fundamental para a avaliação de um produto. Ela será o maior atrativo quando alguém pesquisa sobre seu produto.

Como nos Marketplaces a concorrência é extremamente grande, se destacar nesse quesito trará grandes vantagens competitivas para você.

Portanto, escolher as melhores fotos do seu produto, sempre optando por um fundo branco (quando possível), com boa iluminação e diversos ângulos. 

Outro ponto é usar imagens reais e que você tenha feito. Mesmo que você venda algo igual a seu concorrente, opte sempre pela autenticidade. Jamais, copie algo.

Evite editar muito suas fotos e principalmente, não inclua efeitos. Eles podem comprometer a qualidade da imagem, assim deixando com uma péssima resolução.

Seja criativo

Quem se destaca aparece, e fazer mais do mesmo pode não ser a melhor estratégia e não despertará a atenção em seu cliente.

Afinal, o número de pessoas que estão vendendo na internet segue crescendo, assim, a necessidade de se reinventar surge.

Caso seu produto seja algo “comum” você precisa criar algo de diferente nele. Alguma promoção, condição ou qualquer coisa que uma pessoa veja e fique estimulada a saber mais.

Disponibilize informações de contato

Mesmo os Marketplaces tendo a função de chat para entrar em contato com os vendedores, é legal deixar outro contato seu para clientes conversarem com você.

Nem sempre as plataformas oferecem os melhores canais de comunicação, assim falhando em dar um suporte qualificado.

Deixe um número de WhatsApp ou então um perfil em redes sociais, apenas para que, caso surja um problema, as pessoas te encontrem e conversem com você.

Crie SKU’s corretamente

Ao contrário do código EAN, que é um dado obrigatório, o SKU é opcional (em algumas plataformas) e criado pelo próprio vendedor. 

A sigla significa Stock Keeping Unit que traduzida significa unidade de controle de estoque.

O SKU auxilia no gerenciamento do estoque de produtos e na localização do item no inventário. Com um HUB de integração, o SKU é o que conecta o estoque do produto entre os Marketplaces e por onde ocorre a sincronização.

Como é um código que o próprio lojista cria, muitas vezes pode ser confuso, então aqui vão algumas dicas:

  • Tipo do produto
  • Marca
  • Modelo
  • Cor
  • Atributo

Exemplo: Iphone 13 Preto 256  Gigas. O SKU seria: CELIPH13PRE256GB.

No começo pode parecer muito confuso e complicado, porém, mantendo um padrão para todos os produtos, com o tempo se tornará algo “automático”.     

Analise a concorrência

Uma dica muito importante para qualquer modelo de negócio é analisar a concorrência e entender o que estão fazendo. 

Observe como são feitos os anúncios, cadastrado os produtos, as respostas de comentários e qualquer coisa que você possa usar de útil.

Conclusão

Ter boas práticas de cadastro de produtos é extremamente importante para vender em Marketplaces. A partir deles, é possível divulgar o que está sendo vendido de uma maneira mais otimizada e atraente.

Confira nossos outros artigos no blog da Magazord para ter acesso a mais conteúdos sobre o mundo do e-commerce. Basta clicar no botão abaixo.

Postagens relacionadas

Magazine Luíza: Saiba tudo o que você precisa saber sobre o Marketplace

Você provavelmente conhece o Magazine Luiza marketplace, e não é de hoje. A companhia já atua no varejo com uma grande variedade de categoria de produtos por anos e no digital, abriu com o marketplace, a possibilidade de outros lojistas venderem seus produtos direto do site da Magalu.  Neste artigo, iremos te mostrar os números […]

Leia Mais...

SEO no Marketplace – Conheça 7 dicas para ranquear seus produtos

Você deve saber a importância que boas estratégias de SEO tem em ranquear seu e-commerce nos mecanismos de busca como o Google. Nos Marketplaces isso não seria diferente. Os Marketplaces são grandes canais de vendas, um dos principais locais de tráfego e compra online. Através deles, é possível lojistas anunciarem seus produtos, usufruindo do nome […]

Leia Mais...

Marketplace ou Loja Virtual: Saiba a diferença entre os 2 canais de vendas

Nos últimos anos, com o avanço da tecnologia, as palavras “Marketplace” e “Loja Virtual” estiveram na boca do povo. Entretanto, poucos sabem a real diferença entre ambos os termos. Podemos resumir que uma Loja Virtual é como se fosse uma Loja Física, porém claro, na internet. Com isso, o proprietário será responsável por tudo relacionado […]

Leia Mais...

Vantagens e Desvantagens do Marketplace – Saiba se é o canal de vendas para você

Para começar qualquer tipo de negócio, sempre precisa enfrentar desafio e barreiras. Na internet isso não seria diferente. Muitas pessoas têm em mente que somente colocar algo online já vai vender automaticamente. Porém não é bem assim que funciona. Se quer atingir bons resultados e um número significativo de vendas, é preciso ter tráfego em […]

Leia Mais...

Marketplace – Tudo o que você precisa saber para Vender online

Muito se escuta falar sobre a palavra Marketplace. No entanto, você sabe exatamente o que esse termo significa? Dentro do E-commerce e tudo o que ronda o comércio online, o Marketplace acada sendo uma das áreas mais importantes. Entendê-lo e dominá-lo é fundamental para o sucesso da sua Loja Virtual. Esse gigantesco modelo de negócios […]

Leia Mais...

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *