Clique aqui para conferir as mais de 30 oportunidades de trabalho no Magazord!

Marketplace

Marketplace - Tudo o que você precisa saber para Vender online

Andrei Lino
Andrei Lino
Especialista em Marketing Digital
Data de criação
02/08/2022
Comentários
0 comentários

Muito se escuta falar sobre a palavra Marketplace. No entanto, você sabe exatamente o que esse termo significa?

Dentro do E-commerce e tudo o que ronda o comércio online, o Marketplace acada sendo uma das áreas mais importantes. Entendê-lo e dominá-lo é fundamental para o sucesso da sua Loja Virtual.

Esse gigantesco modelo de negócios é extremamente vantajoso para você vender mais e alcance um número maior de clientes.

Independentemente se você é iniciante ou experiente, é possível tirar grandes resultados para expandir seu negócio online.

Sem dúvida nenhuma que as chances de alavancar sua marca e número de vendas são os principais atrativos desse modelo de negócios.

Esse modo de vendas começou a se consolidar a partir do ano de 2012 e desde então, essa estratégia de vendas apenas cresceu.

O marketplace se mostrou uma excelente maneira de vender pela internet, principalmente pelas facilidades oferecidas e pelas possibilidades de ganho. 

Vamos conhecer agora um pouco mais sobre o que caracteriza um marketplace e quais são os principais serviços nessa modalidade de vendas. 

Quer saber mais? Continue lendo nosso artigo.

O que é um Marketplace

Marketplace na verdade, é uma ferramenta de vendas online coletiva, ideal para que lojistas consigam mostrar seus produtos para um número maior de pessoas. Atualmente, existem diversos Marketplaces de renome no Brasil como, por exemplo, Magazine Luiza, Mercado Livre e a gigante Norte Americana Amazon.

Para simplificar o conceito de Marketplace, podemos defini-lo como um shopping online, onde um lojista “aluga” um espaço para colocar seus produtos.

Se ainda ficou confuso, vamos fazer um exercício mental?

Imaginamos que você e um conhecido possuem uma loja de doces, mas com uma crucial diferença. A loja do seu amigo já é amplamente conhecida e você acaba de abrir seu comércio.

Seu amigo acaba cedendo um espaço em sua loja, para você divulgar seus produtos, aumentando amplamente as suas vendas e tornam os itens vendidos por você conhecidos por muitas pessoas que não faziam ideia que você existia.

Em troca desse espaço, seu amigo pede uma pequena porcentagem nas vendas realizadas por você. Afinal a ajuda dele foi fundamental para o aumento de sues lucros. 

Com esse exemplo, ficou mais claro o que é um Marketplace?

Qual a diferença entre Marketplace e Loja Virtual

Loja Virtual

Apesar de já termos evoluído muito nosso conhecimento em negócios online e e-commerce, ainda existem dúvidas em relação à diferença entre Marketplace e Loja Virtual.

De modo geral, como já citamos acima, o Marketplace é como um shopping, porém dentro da internet. Já a Loja Virtual é apenas uma loja online.

No Marketplace, há vários vendedores e empresa diferentes oferecendo seus produtos ou serviços. Normalmente, os marketplaces cobram uma comissão em cima das vendas ou uma mensalidade de quem está divulgando.

Em contrapartida, o Marketplace cuida do marketing e visibilidade da plataforma. Ou seja, ele “injeta” dinheiro e divulga anúncios para aumentar o alcance dos produtos que estão dentro da plataforma.

Por sua vez, uma Loja Virtual possui outro modelo de negócio. Nela, é o lojista que desenvolve estratégias para vender na internet e na entrega dos produtos. Por isso, é o dono do empreendimento que cuida de tudo, desde o marketing até a logística.

Dessa forma, o potencial de alcance e crescimento em marketplaces são muito maiores. Nele é possível criar uma grande quantidade de fornecedores. Enquanto no E-commerce você se limita à sua própria capacidade de produção e atendimento.

Como funciona um Marketplace

O Marketplace é subdividido em três acessos. O primeiro é para lojistas, onde possuem acesso para gerenciar e cadastrar seus produtos. Além dele, existem administradores do marketplace, que tem o acesso para gerenciar todos os lojistas. Por último, os clientes, que conseguem acessar o Marketplace para fazer compras e contratar serviços.

Geralmente, o Marketplace cobra comissões a cada venda realizada dentro de sua plataforma. Contudo, alguns revolvem escolher cobrar uma taxa fixa mensal dos vendedores. Falaremos um pouco mais sobre esse tópico adiante.

Enquanto isso, os clientes podem acessar a plataforma gratuitamente, comparar ofertas, solicitar orçamentos, e enviar avaliações de atendimento e qualidade do produto. Ainda para os consumidores, o funcionamento do Marketplace é bem simples, pois é como navegar em uma Loja Virtual tradicional, porém com mais opções de escolhas.

Vantagens e Desvantagens de vender em Marketplace

Agora que você já sabe praticamente tudo sobre Marketplace, você precisa entender quais são as vantagens e desvantagens de colocar seus produtos para venderem no mesmo.

Vamos começar explicando quais são as vantagens:

Aumento nas visitas

Talvez uma das maiores vantagens de colocar produtos para vender em Marketplace é a visibilidade alcançada. No geral, uma plataforma de vendas é vista por milhares ou até milhões de pessoas diariamente. 

Além disso, as pessoas já conhecem a marca por trás do Marketplace, fazendo com que em suas pesquisas, seja provável que cliquem no site do shopping online do que em sua Loja Virtual.

Crescimento em vendas

Com o ganho de visibilidade em seus produtos, a tendência é que as suas oportunidades de venda também aumentem. Para isso, é preciso se atentar a detalhes que interferem no momento de escolha de um produto. Como, por exemplo:

  • Precificação
  • Descrição
  • Fotos/vídeos
  • Descontos
  • Valores de frete
Comprar-em-Marketplace

Menor investimento inicial

Ao ingressar em um Marketplace, não é preciso desembolsar um alto valor. Claro que você precisará se cadastrar e passar por alguns processos até aceitarem você divulgar seus produtos.

Entretanto, não será necessário gastar com domínio, hospedagem, criação de site, anúncios e demais custos. Os únicos gastos serão com o seu produto e mão de obra (caso tenha). Além das taxas de comissão ou custos fixos dentro do Marketplace.

Desvantagens de vender em Marketplace

Com as principais vantagens citadas acima, é preciso saber os riscos e as “perdas” que você terá ao ingressar nesse modelo de negócio.

Concorrência acirrada

Por se tratar de grandes redes que unem diversos vendedores e lojas, existe uma grande concorrência e disputa na venda de produtos dentro dos marketplaces.

Seus produtos serão colocados em categorias e disputarão a atenção com vários outros produtos semelhantes. Por conta desse motivo, você precisa criar estratégias de diferenciação que induzem o público a adquirir o que está sendo ofertado por sua loja.

Comissões e Taxas

Se por um lado você não gasta com site e anúncios, por outro você gasta com as comissões ou taxas cobradas pelo Marketplace. Ou seja, você só paga pelo que vende.

Menor exposição da marca

Por você estar divulgando seu produto em sites de terceiros, conseguir mostrar o nome da sua marca será algo mais difícil. Geralmente, o nome da loja aparece, entretanto, são poucos que observam de fato essa informação na hora da compra.

Como vender em Marketplace

Com as vantagens e desvantagens já ditas acima, resta saber como fazer para vender seus produtos no marketplace. 

Isso pode variar de um para outro, entretanto, no geral, seguem um mesmo padrão. Em alguns casos é possível começar a vender apenas informando o CNPJ da sua empresa. Entretanto, existem casos que exigem documentos como:

  • Comprovante de Inscrição Estadual
  • Declaração do regime de tributação
  • Consulta Pública ao Cadastro do Estado (SINTEGRA – ICMS)
  • Alvará de funcionamento do estabelecimento (Localidade) que irá disponibilizar produtos
  • Certidões Negativas de Débitos Tributários, Trabalhistas, Débitos Previdenciários
  • Falência e Concordância
  • Certidão de distribuição de ações e execuções cíveis e criminais da Justiça Federal
  • Contrato Social atualizado
  • Entre outros documentos

A maioria desses documentos é possível retirar através da internet apenas informando o CNPJ. Basta acessar os sitas da SINTEGRA e o Portal da Fazenda.

cadastrar-produtos-marketplace

Cadastro de produtos

Alguns Marketplaces exigem mais informações do que outros, entretanto, padronizando o modo como você cadastra seus produtos irá aumentar as chances de serem aprovados e assim poder vendê-los. Confira agora algumas boas práticas para fazer o cadastro:

Título

Essa é a parte principal do cadastro, onde as pessoas efetuarão a busca e encontrarão seu produto. Por esse motivo, é importante elaborar um estudo prévio para analisar e estudar o que seu público pesquisa no momento de buscar o que você vende.

Descrição

Na descrição, o vendedor possui uma maior liberdade para escrever sobre o produto. Aqui se deve mostrar os benefícios e qualidades do produto e como influenciará na vida do consumidor.

Tanto no título como na descrição de seus produtos, é interessante usar algumas técnicas de SEO (Serach Engine Optimization) para ranquear melhor seus produtos, assim podendo aparecer para mais pessoas em suas buscas.

Além de pesquisar sobre os termos de pesquisas como já citamos acima, é legal também ir atrás de informações sobre as principais características e benefícios que as pessoas buscam ao pesquisar sobre seu produto.

Ficha Técnica

Como vendedor, você deve conhecer o seu produto completamente, conseguindo sanar todas as dúvidas que seus clientes terão sobre o que estão comprando.

A ficha técnica é um elemento importante no momento do cadastro, pois é ali que se deve colocar as principais informações sobre o produto. Com ela preenchida completamente, ficará mais fácil do Marketplace recomendar seu produto e do clientes comprá-lo.

Crie SKU corretamente

A SKU é como se fosse o RG do seu produto. A partir dela é possível ter um controle maior sobre seu estoque, assim, não arriscando ter furos de estoque ou outros problemas relacionados.

A SKU não é obrigatória em todos os Marketplaces, entretanto, é importante criá-la. Existem algumas técnicas de criação de SKU para padronizar e facilitar sua vida.

Dimensões do Produto e Embalagens

Tente ser o mais assertivo nessas informações, pois a partir delas será feito o cálculo do frete. Preencher com dados incorretos poderá gerar grandes transtornos para você e seu cliente.

Imagens

Com o título, as imagens possuem um papel fundamental na pesquisa do cliente para adquirir um produto. Por esse motivo, gaste muita energia nesse momento, priorizando fotos de qualidade feitas com seu produto, sem pegar na internet.

Caso queira se aprofundar mais sobre o tema de cadastros de produtos em Marketplaces, temos um artigo completo explicando cada passo para fazer essa ação com o máximo de qualidade. Confira Como Cadastrar Produtos em Marketplaces clicando aqui.

Principais Erros em Marketplace

Ao iniciarem as vendas em Marketplaces, muitos empreendedores cometem erros que podem acabar com seu negócio. Fizemos uma lista com os principais erros que você não deve cometer:

  • Precificação errada
  • Atendimento ruim
  • Péssima gestão
  • Cadastro errado de produtos
  • Viver “apenas de Marketplace”
  • Anúncio de baixa qualidade
  • Contagem de estoque mal feita

Esses são apenas alguns dos erros cometidos por iniciantes em Marketplace. Temos um artigo completo detalhando cada tópico. Confira o post sobre Os 10 Principais Erros ao Vender em Marketplace.

Os Maiores Marketplaces do Brasil

marketplace-mercado-livre

Agora que você já entendeu tudo sobre Marketplace, falaremos sobre os maiores shoppings virtual do Brasil.

  1. Mercado Livre
  2. Shopee
  3. Amazon
  4. Americanas
  5. Magazine Luiza
  6. AliExpress
  7. Casas Bahia
  8. Netshoes
  9. Shein
  10. Renner

Confira também a lista completa dos Maiores Marketplaces do Brasil e um pouco sobre as vantagens que cada um oferece para quem vende neles.

Integrações Magazord com Marketplace

integração-marketplace-magazord

Estar presente em todos os canais de vendas é uma estratégia forte para quem deseja crescer sua marca na Internet. Por conta disso, ter um site próprio e vender em Marketplace vem se tornando cada vez mais comum na vida de empreendedores.

Entretanto, conciliar tudo pode ser um grande desafio, principalmente para quem ainda não tem experiência com esse modelo de negócio. 

Com isso, é importante ter uma plataforma desenvolvida para você ter garantia de uma gestão completa e de qualidade, onde problemas como cadastro de produtos, erro de estoque e cobranças erradas não aconteçam.

A Magazord é uma plataforma de e-commerce completa, que oferece a integração com os maiores Marketplaces do Brasil. Por termos um sistema totalmente integrado, é possível fazer o cadastro de produtos em vários Marketplaces de forma simultânea, assim, maximizando seu tempo.

Outras soluções que a plataforma oferece é a criação de um site próprio para vendas, com diversas vantagens e funcionalidades, bem como layout responsivo e SEO.

Além de tudo isso, talvez um dos principais diferenciais sejam os fretes extremamente competitivos. Com mais de 30 transportadoras, é possível criar ofertas para seus clientes, assim aumentando as suas vendas online.

Quer conhecer mais sobre as soluções que a Magazord tem para fazer sua marca se destacar em vendas pela internet? Fale com um de nossos especialistas e agende uma reunião para podermos fechar uma parceria de sucesso.

Postagens relacionadas

Magazine Luíza: Saiba tudo o que você precisa saber sobre o Marketplace

Você provavelmente conhece o Magazine Luiza marketplace, e não é de hoje. A companhia já atua no varejo com uma grande variedade de categoria de produtos por anos e no digital, abriu com o marketplace, a possibilidade de outros lojistas venderem seus produtos direto do site da Magalu.  Neste artigo, iremos te mostrar os números […]

Leia Mais...

SEO no Marketplace – Conheça 7 dicas para ranquear seus produtos

Você deve saber a importância que boas estratégias de SEO tem em ranquear seu e-commerce nos mecanismos de busca como o Google. Nos Marketplaces isso não seria diferente. Os Marketplaces são grandes canais de vendas, um dos principais locais de tráfego e compra online. Através deles, é possível lojistas anunciarem seus produtos, usufruindo do nome […]

Leia Mais...

Cadastro de produtos em Marketplaces – As melhores práticas

O cadastro de produtos é uma das partes mais importantes e que mais precisam de atenção em um Marketplace. Através dessa ação, você poderá criar um impacto positivo ou negativo sobre quem está pesquisando determinado produto para realizar a compra. Por isso, criamos um artigo dedicado especialmente para comentar e dar dicas para executar as […]

Leia Mais...

Marketplace ou Loja Virtual: Saiba a diferença entre os 2 canais de vendas

Nos últimos anos, com o avanço da tecnologia, as palavras “Marketplace” e “Loja Virtual” estiveram na boca do povo. Entretanto, poucos sabem a real diferença entre ambos os termos. Podemos resumir que uma Loja Virtual é como se fosse uma Loja Física, porém claro, na internet. Com isso, o proprietário será responsável por tudo relacionado […]

Leia Mais...

Vantagens e Desvantagens do Marketplace – Saiba se é o canal de vendas para você

Para começar qualquer tipo de negócio, sempre precisa enfrentar desafio e barreiras. Na internet isso não seria diferente. Muitas pessoas têm em mente que somente colocar algo online já vai vender automaticamente. Porém não é bem assim que funciona. Se quer atingir bons resultados e um número significativo de vendas, é preciso ter tráfego em […]

Leia Mais...

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *