fbpx
x
Magazord Plataforma de E-commerce 5 Anos
Ficou interessado?
Fale com um consultor

Marketing

8 Técnicas de Vendas para Iniciantes no E-commerce

Cleiton Sanches
Cleiton Sanches
Especialista em tecnologia do Magazord
Data de criação
27/07/2020
Comentários
0 comentários

Muitos empreendedores, que apostam no E-commerce, passam por dificuldades em concluir suas vendas e acabam frustrados pela falta de resultados. 

Mas essas mesmas pessoas acabam ignorando que existem técnicas e estratégias certas para reverter esse quadro e aumentar suas vendas. 

O E-commerce é um setor que cresce cada vez mais. Vender seus produtos através da Internet é oferecer sua marca para clientes de todo o Brasil. 

Entretanto, é necessário trabalhar com as estratégias certas para que seus produtos sejam notados e que você realmente os venda mais. 

Ao longo do nosso texto, vamos destacar quais são as 8 técnicas de vendas para iniciantes no Ecommerce. 

Conheça essas estratégias agora mesmo! E lembrando qualquer dúvida, deixe-as nos comentários.

As 8 principais técnicas de vendas para iniciantes no E-commerce

O E-commerce traz uma série de oportunidades ao seu negócio. Entretanto, alguns empreendedores ainda apresentam uma certa dificuldade para desenvolver estratégias de vendas certeiras. 

Essas dificuldades podem ser ainda maiores para quem está começando a vender seus produtos na Internet. Por isso reunimos as 8 principais técnicas de vendas para quem está iniciando no E-commerce. Boa leitura!

1 – Defina a persona do seu negócio

É extremamente importante saber qual o perfil das pessoas para quem você está vendendo. Se você ainda não sabe, chegou a hora de definir a persona do seu negócio. 

Mas você sabe exatamente o que é a persona? Ela é o personagem fictício que representa o cliente ideal da sua empresa, a pessoa que você realmente quer e precisa impactar. 

Entretanto, é necessário saber que definir a persona do seu negócio vai muito além de saber qual é o público-alvo dos seus produtos. 

Para entender melhor, vamos de um exemplo. Vamos supor que o público-alvo do seu negócio são pessoas de 18 a 50 anos, que moram no estado de São Paulo.

Essa não é a persona do seu negócio, pois a definição ainda é muito vaga sobre os seus potenciais clientes e não mostra maiores detalhes, que poderiam ser úteis na definição de estratégias de vendas do seu negócio. 

Definir Persona na Empresa

Por conta disso, é extremamente importante definir a persona da sua empresa e ir além. Podemos afirmar que a persona é a segmentação mais específica do seu público-alvo. 

Dessa modo, é possível entender exatamente com quem você deseja falar e assim, saber exatamente como impactar essa pessoa. 

Para você ter uma ideia das coisas que você pode descobrir ao fazer a análise da persona: do que ela gosta, quais são os valores que ela tem tem, o que deseja, o que sonha, o que defende, quais são os seus sentimentos. 

Todos essas informações serão extremamente preciosas na hora que você se comunicar com o público. Suas estratégias de marketing irão impactar exatamente as pessoas que serão seus clientes mais potenciais. 

2 – Venda a solução de problemas (e não produtos)

Os produtos disponíveis na sua loja virtual não foram criados simplesmente para gerar receita para o negócio. Você deve encarar o seu produto como um solucionador de problemas. 

Essa é uma das coisas mais importantes que você deve ter em mente ao desenvolver estratégias de marketing e partir para a venda agressiva dos itens disponíveis na sua loja.

Isso porque, as pessoas não compram produtos apenas pelo fato de quererem gastar dinheiro, não é mesmo? Elas querem solucionar algum tipo de problema ou necessidade que possuem. 

Por conta disso, sempre procure entender quais são os problemas da sua persona e conversar diretamente com ela. 

Uma vez que você entende quais são as desejos e as necessidades dos seus clientes, você poderá apresentar soluções direcionadas e que impactem o seu cliente de forma efetiva. 

São várias as formas para gerar o impacto desejado ao seu potencial cliente. Você pode, por exemplo, criar conteúdos no seu blog, para impactar o cliente de forma orgânica. 

Você também pode trabalhar com as mídias pagas, impulsionando publicações nas redes sociais e também utilizando os links patrocinados no Google. 

A partir do momento que você começar a oferecer soluções e benefícios aos seus clientes, você irá perceber que a sua marca irá ficar na mente das pessoas e assim, suas vendas aumentarão.

3 – Ofereça um conteúdo de qualidade

Ao iniciar no E-commerce você irá precisar atrair seus clientes até o seu site, para que eles conheçam a sua marca. Uma das melhores formas de gerar essa atração é criar conteúdos de qualidade nos seus canais de comunicação. 

Dentre os principais meios de comunicação com o clientes estão as redes sociais, que permitem uma maior proximidade com o público. 

No conteúdo disponibilizado em seu perfil no Instagram ou Facebook, é necessário conversar com as pessoas do seu nicho, oferecendo justamente aquilo que elas querem ver. 

Oferecer conteúdo de qualidade

Ou seja, nada de fazer apenas postagens simples com fotos dos seus produtos e o preço deles. Se você não pensar em diferenciais, então não conseguirá destacar o seu negócio dos demais. E consequentemente, será ignorado pelas pessoas. 

Para as coisas ficarem mais claras, vamos mostrar um exemplo. 

Vamos supor que você tenha uma loja virtual focada em vestuário. Você pode trabalhar com postagens nas redes sociais ou no seu blog envolvendo questões de moda, dicas para combinar peças, tendências, conteúdos diversificados voltados para vestuário. 

Isso atrairá mais pessoas para suas páginas, agregando um valor ao usuário e marcando o nome da sua empresa no pensamento dele. 

Ao trabalhar com diferentes temas referentes ao seu nicho, a sua empresa estará mostrando que ela é autoridade no assunto. O que também passa mais confiança para as pessoas fecharem mais compras. 

4 – Atendimento eficaz

É natural que o cliente tenha dúvidas e certamente ele entrará em contato para saná-las. É obrigação da sua empresa responder cada uma dessas dúvidas com cordialidade, simpatia e paciência. 

O tempo de responder a dúvida ao cliente é crucial e pode ser determinante para o fechamento de uma compra ou o cancelamento da mesma.

No início do seu negócio, é bem comum que você receba mais perguntas, principalmente sobre a sua loja, métodos de pagamento, confiabilidade, dentre outros. 

É de extrema importância que você responda rápido, principalmente nas redes sociais. Isso porque esse meio de comunicação é mais ágil e direto, assim o cliente desejará ter a sua resposta o quanto antes. 

Atendimento ao cliente

Para que um potencial cliente não abandone seus produtos no carrinho de compras, é de extrema importância que a sua resposta seja satisfatória, além da agilidade que mencionamos anteriormente. 

Não importa qual foi o motivo de contato, você precisa ter as respostas satisfatórias ao cliente e que o estimulem a concluir a compra. 

O contato faz parte da experiência do cliente e ele precisa estar completamente satisfeito para fechar o pedido. 

E se algo está atrapalhando a jornada de compra, não pense duas vezes e resolva isso o mais rápido possível.

5 – Preste atenção no seu funil de vendas

Ao definir os objetivos e as estratégias de marketing para serem utilizadas na sua loja virtual, você deve pensar no que é possível fazer para otimizar sua marca e junto a isso, vender mais.

É a hora de revisar o seu planejamento, especialmente para alimentar o funil de vendas

É de extrema importância que o funil de vendas converse com a sua persona (lembra do primeiro tópico?) e também o argumento de vendas de sua loja virtual. 

Funil de Vendas

Mas você sabe o que é funil de vendas? Nós explicamos: essa é uma figura que representa a jornada da decisão do seu cliente. Esse funil é composto por três etapas: 

  • Topo do Funil: é onde se encontram as maiorias dos potenciais clientes. Ali estão as pessoas que desejam informações genéricas sobre os seus produtos e ainda estão à procura de um produto para comprar;
  • Meio do Funil: menos clientes passam por essa etapa. Eles possuem conhecimento de seu modelo de negócio e estão em dúvida sobre a necessidade de comprar o produto. Nessa etapa, as pessoas também querem um conteúdo mais específico e esclarecedor sobre seus produtos e o que você vende;
  • Fundo do Funil: são as minorias dos clientes que entram no funil. Eles já conhecem a sua empresa e também estão convencidos do valor da sua marca, sendo que nesta etapa a pessoas só precisa de um pequeno empurrãozinho para fechar o seu negócio.

Num cenário ideal, em um funil lógico e funcional, o maior número possível de pessoas entrarão no funil. E o menor número possível irá sair dele, fechando uma grande porcentagem de compras.

6 – Quebre todas as objeções

Outro ponto indispensável para você que está iniciando no comércio online é não apenas focar em vender seu produto. Isso até pode ser estranho, mas se você apenas focar nas vendas, poderá esquecer de quebrar as objeções do cliente e o ele pode acabar não concluindo a compra. 

Mais quais seriam essas objeções? Podemos destacar algumas como:

  • Cliente não quer pagar o frete;
  • Não tem dinheiro o suficiente;
  • Não precisa do produto;
  • Insegurança com a compra online.

Essas são as principais dúvidas que surgem na hora de uma compra, mas existem outras também. Você as pode mapear, conforme conversa com seus clientes. 

Uma forma de quebrar várias dessas objeções é desenvolver um conteúdo de alta qualidade nas redes sociais, nas descrições dos seus produtos e artigos do blog. 

Nestes conteúdos, você precisa mostrar ao cliente os benefícios de adquirir o produto e que vale a pena ser cliente da sua loja virtual. 

7 – Aumente o tráfego do seu site

Essa é uma dica bem importante para quem possui uma loja virtual ativa ou para quem está começando a criar suas estratégias de vendas. 

A partir do momento que nos deparamos com as vendas mais baixas, logo já pensamos que as estratégias não estão surtindo efeito. 

Mas devemos levar em consideração outros fatores, que vão além das vendas. Um dos mais importantes é a questão do tráfego do seu site

Num modo geral, as lojas virtuais que apresentam um baixo volume de vendas também apresentam um tráfego mais baixo. 

Isso geralmente acontece porque o seu site não está bem posicionado dentro dos buscadores do Google, o principal site de busca da atualidade.

E agora você deve estar se perguntando: como melhorar o ranqueamento de um E-commerce?

Uma das formas de otimizar o tráfego no seu site (sem gastar com links patrocinados) é utilizar técnicas de SEO. A otimização para os motores de busca fará com que as suas páginas apareçam cada vez mais nas pesquisas do Google, nas primeira posições.

Se você quer saber mais como utilizar técnicas de SEO no seu site, então conheça o nosso eBook especial, falando tudo sobre a otimização dos sites, do básico até as técnicas mais avançadas e todos os benefícios que esta estratégia oferece.

8 – Foque nos pós-vendas

As técnicas de vendas não são resumidas apenas na jornada de compra do seu cliente. Também é necessário focar no pós-vendas, após as pessoas comprarem seus produtos.

É extremamente importante trabalhar para que a experiência de compra do cliente seja o mais otimizada possível. 

Conquistar um cliente é caro. Por conta disso, é necessário trabalhar com estratégias para retê-lo e fazer com que ele sinta mais confiança em realizar novas compras na sua loja virtual. 

Estratégia de vendas

Para reter mais clientes, você pode utilizar o pós-vendas ao seu favor, utilizando algumas estratégias especiais, como:

  • Entrar em contato para perguntar como foi a experiência de compra;
  • Enviar uma carta ou bilhete ao cliente, como se fosse um presente;
  • Mostrar dicas valiosas sobre o produto que a pessoa recebeu;
  • Oferecer descontos nas próximas compras;
  • Enviar conteúdos de valor, que converse com a personalidade do seu cliente.

Tendo esse tipo de sensibilidade, você saberá como o cliente se sente ao comprar produtos na sua loja virtual e também poderá ofertar algo que vai além de produtos. 

Ao criar vínculos mais fortes e pessoais com seus clientes (através do pós-vendas), você terá compras cada vez mais recorrente na sua loja virtual. 

Dica extra: Tenha todo o suporte tecnológico necessário

Antes de trabalhar com as dicas que mostramos ao longo do nosso artigo, você precisará deixar a “casa arrumada” para receber o cliente. 

Ou seja, é necessário que o seu site ofereça uma boa navegabilidade e que tenha uma jornada de compra intuitiva e sem contratempos. 

Por isso, você precisa conhecer todos os serviços e soluções oferecidos pelo Magazord.

Nossas soluções se destacam pela grande abrangência. Ou seja, tudo aquilo que você precisa para manter a sua loja no ar e vendendo produtos de forma otimizada está presenta em nossas ferramentas.

Ao utilizar os serviços do Magazord, você encontrará uma série de integrações com transportadoras e marketplaces. 

Ainda cuidamos do desenvolvimento de um site com layout responsivo, que se adapta aos diferentes dispositivos (desktop, smartphone, tablet, notebook, etc.).

Ao ter os serviços do Magazord ao seu alcance, a sua loja virtual vende mais e com o máximo de eficiência! 

Para conhecer e se impressionar com todas as soluções oferecidas pelo Magazord, você pode agendar uma conversa e falar com nossa equipe. Estamos prontos para colocar sua marca em um novo patamar!

Postagens relacionadas

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *